Horta em casa: bem fácil

Home / Posts / Horta em casa: bem fácil
Horta em casa: bem fácil

Ter uma horta em casa é unir o útil ao agradável: além de levar mais verde para o dia-a-dia, você consegue ter uma produção própria de temperos, verduras, legumes, frutas, brotos e até plantas medicinais. Economia e comprometimento com uma dieta mais saudável e sem agrotóxicos. Para que seu plano de montar a horta caseira dê certo, é preciso respeitar alguns detalhes, pois a natureza tem necessidades de que não abre mão. E é mais fácil que você imagina (além de ser uma deliciosa terapia). Veja só:

O lugar ideal para colocar plantas dentro de casa

Vasos de plantas podem e devem ser espalhados por todos os cômodos, em busca de duas coisas: iluminação e ventilação.

Nos lugares onde houver sol pleno, ou seja, desde o amanhecer até o fim da tarde, você deve deixar os vasos de legumes, verduras, tubérculos (como cenoura e beterraba),  leguminosas (feijão, ervilha, vagem etc.) e frutas como pitanga e jabuticaba. Sabemos que é difícil ter muito espaço com sol pleno em uma casa ou apartamento em uma cidade grande, então pode partir para a busca de pontos com sol médio. Neles, o sol bate por cerca de quatro a seis horas no período da manhã ou da tarde. Este tipo de insolação é bom para quase todas as verduras e também para temperos, pimentas, ervas medicinais e frutas como o morango, a framboesa, a amora e todas as frutas vermelhas. Se o sol direto fica em um local por menos tempo – vamos pensar em coisa de duas horas por dia –, estamos falando de meia sombra. Ele é adequado para o cultivo de ervas como o hortelã, a erva cidreira, o manjericão, o boldo do Chile, o orégano e a manjerona. As áreas de sombra (que não têm sol direto, mas são bem iluminadas) são ideais para brotos (mini milho, mini alface e mini agrião, por exemplo).

Quanto à ventilação, é importante garantir uma circulação de ar na medida certa. O ar condicionado prejudica as plantas, seja para resfriar ou para aquecer o ambiente, pois deixa o ar seco e as plantas precisam de umidade natural, assim como nós.

 

Dá para plantar QUALQUER COISA em uma horta caseira?

Há controvérsias. Por isso, segue uma relação com as melhores plantas para isso, divididas por categorias. Agora ficou beeem mais fácil! 😉

TEMPEROS

Orégano, manjericão, manjerona, salsinha, cebolinha, alecrim, hortelã (de qualquer tipo), sálvia, coentro, tomilho, endro.

VERDURAS

Alface (de todos os tipos), rúcula, alho poró, couve, espinafre, agrião.

LEGUMES

Abobrinha, cenoura, beterraba, batata, rabanete.

FRUTAS

Morango, amora, framboesa e todas as frutas vermelhas, jabuticaba, pitanga, pimenta, pimentão, tomate.

BROTOS

Mini: rabanete, milho, alface, girassol, trigo, alfafa, ervilha, grão de bico, feijão, couve, brócolis.

MEDICINAIS

Azedinha, babosa, dente-de-leão, hibisco, boldo, funcho.

 

Os cuidados do dia-a-dia com as plantas em casa

Reserve diariamente um tempo para cuidar de suas plantas. Verifique se há folhas secas e retire-as com as mãos mesmo ou com uma tesourinha de poda. Inspecione se as folhas estão saudáveis, sem manchas ou mordidas – neste último caso, procure bichinhos no vaso e trate de matá-los. Borrife um pouco de água sobre as folhas. A cada dois ou três dias, regue as plantas. Você saberá se está na hora de regar “sentindo” a terra: coloque a mão nela e sinta se ela está seca ou úmida – se estiver seca, regue; se estiver úmida, espere para checar novamente no dia seguinte.

Uma vez por mês, adube suas plantas. Você pode usar adubos NPK de acordo com as necessidades de cada uma. Em geral, usa-se o 10-10-10 para as folhagens, temperos e tudo que não produzir frutos, o 4-14-8 para frutas e legumes e o 15-15-20 para as verduras.

 

Como escolher os vasos para uma horta caseira

Largura e material não têm a mínima importância na escolha dos vasos para sua horta caseira: o que conta mesmo é a profundidade, que deve ser de no mínimo 15 centímetros. Para raízes, como cenoura, deve ter, em média, 30 centímetros. Lembre-se que eles farão parte da decoração de sua casa, então leve isso em consideração ao escolhê-los. Podem ser vasos de plástico, de metal, podem ser latas e potes bonitos reciclados e até panelas. Só não pode esquecer de furar o fundo de cada vaso, para não correr o risco de apodrecer as raízes com água acumulada.

 

As melhores formas de acomodar vasos da sua horta em casa

Locais definidos, vasos escolhidos, agora é hora de acomodar suas plantas. Estruturas verticais são consideradas a melhor pedida, especialmente quando o espaço da incidência do sol for uma parede ou você tiver uma parede livre em um local legal de sombra. Esse tipo de armação é encontrado pronto, com ripas de madeira emparelhadas na horizontal (para sustentar os vasos com ganchos, encaixá-los em buracos com seu diâmetro ou simplesmente colocá-los sobre prateleiras), ou pode ser montado em estilo “Faça você mesmo” reaproveitando pallets.

Atenção: não sejam coloque os vasos lá no alto!

 

Foto da capa: PinterestBrasil/Reprodução